Ouça as Rádios
Três Lagoas
Caso foi registrado no Delegacia de Polícia Civil. Vítima pretende denunciar agressor na Delegacia da MulherCaso foi registrado no Delegacia de Polícia Civil. Vítima pretende denunciar agressor na Delegacia da Mulher - Hugo Leal/JPNEWS

VIOLêNCIA

Com filho de dois meses no colo, mulher é agredida com tapa na nuca pelo namorado

Após discussões, homem de 32 anos passa a agredir companheira causando lesões

Por André Barbosa 13 OUT2017-09h:12

Uma equipe da Polícia Militar de Três Lagoas foi acionada para atender uma ocorrência de violência doméstica no Jardim das Primaveras, por volta das 13h30 de quinta-feira (12). No local, se depararam com a mulher de 34 anos, ferida e que disse que estava se desentendo com seu amásio de 36 anos, com várias discussões, desde a quarta-feira (11).

Segundo informações da PM, após um bate-boca, o homem teria começado a arrumar seus pertences, informando a intenção de ir embora da residência. Neste momento, a vítima passou a usar o celular, quando o aparelho foi retirado de sua orelha por um tapa do amásio. A mulher teria sido empurrada ao solo, na sequência, vindo a machucar sua boca.  

Para fugir das agressões, correu para o quintal da residência e tentou chamar a atenção dos vizinhos. Ainda segundo o relato da mulher à PM, O homem então, teria passado a lhe mandar entrar, quando esta, com seu filho de dois meses no colo, foi novamente agredida com um tapa no pescoço, golpe vulgarmente conhecido como ‘pescoção’.

Das agressões, a vítima ficou lesionada na boca e no pulso direito. Ela informou ainda, que deseja representar criminalmente contra o autor e solicitou medidas protetivas de urgência, pois disse temer por sua vida. O caso foi registrado como lesão corporal dolosa/ violência doméstica e ameaça, e está sendo investigado pela Polícia Civil de Três Lagoas.   

Leia Também